Jovem é preso com explosivos no Kuwait

Autoridades kuwaitianas detiveram nesta quinta-feira um adolescente que transportava materiais explosivos em seucarro pelos arredores de um shopping center e de um edifícioresidencial onde vivem militares norte-americanos nos arredoresda Cidade do Kuwait, informaram funcionários do governo local. Um jovem de 17 anos foi preso perto dos edifícios Alia eGhalia, em Fintas, cerca de 25 quilômetros ao sul da capitalkuwaitiana, disse um funcionário do Ministério de Interior doKuwait sob condição de anonimato. Muitos militaresnorte-americanos estacionados no país árabe vivem ali, mas onúmero exato é desconhecido. O rapaz levava 10 coquetéis molotov no carro. Ele disse àpolícia que recebeu pela Internet ordens provenientes doPaquistão para colocar os explosivos nos prédios. No entanto,aparentemente ele mesmo fez a denúncia, encostou o veículo e,quando abordado pela polícia, admitiu a existência de explosivosem seu carro. Mais tarde, o Ministério do Interior enviou um comunicadoformal à imprensa local no qual dizia que os relatos de que umjovem teria "levado material explosivo para atacar o complexoresidencial são totalmente infundados". No entanto, o comunicado informa que um jovem detido teriadito aos policiais que 10 coquetéis molotov estavam dentro deseu carro, estacionado perto do local. As divergências entre as informações oficiais e os relatos dasfontes não puderam ser imediatamente apurados. Um funcionário da Embaixada dos Estados Unidos no Kuwait disseque a sede diplomática não tinha conhecimento de tal incidente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.