Mark Thiessen/AP
Mark Thiessen/AP

Jovem morre após ser atacado por urso em corrida no Alasca

Rapaz de 16 anos chegou a mandar uma mensagem para a família avisando que estava sendo perseguido

O Estado de S.Paulo

20 de junho de 2017 | 03h05

ANCHORAGE  - Um jovem de 16 anos foi atacado e morto por um urso durante uma popular corrida no fim de semana no Alasca, disseram autoridades na segunda-feira, 19. 

Patrick Cooper, da cidade de Anchorage, competia no domingo na corrida anual de montanhas, que atravessa terrenos selvagens, quando teria encontrado se perdido e se deparado com um urso. Ele conseguiu enviar uma mensagem a um familiar para dizer que estava sendo perseguido pelo animal de 113 quilos. 

O diretor da corrida disse que o homem tinha corrido montanha acima e estava voltando em um terreno muito inclinado que passa por uma região com vegetação densa quando ocorreu o ataque. 

Vários corredores e equipes de resgate se apressaram para chegar ao local mas a princípio não puderam se aproximar porque o animal ainda estava no local guardando o corpo. 

Um guarda feriu o urso com um disparo, mas o animal conseguiu escapar, disse o escoteiro Tom Crockett. O corpo de Cooper foi encontrado a 450 metros da pista em uma região com muitas árvores.

O último ataque fatal de ursos ocorreu em 2013, quando um homem foi morto por um urso negro. Na região de Anchorage, não havia mortes desse tipo desde 1995, quando dois homens foram atacados por um urso pardo. / AFP e AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.