Jovem que aparece em vídeo usando minissaia é solta pela polícia saudita sem acusações

Jovem que aparece em vídeo usando minissaia é solta pela polícia saudita sem acusações

Segundo o Ministério da Informação, a mulher reconheceu ter caminhado pelo local de minissaia e sem véu, mas afirmou que o vídeo foi postado sem seu consentimento

O Estado de S.Paulo

19 Julho 2017 | 16h17

DUBAI - Uma jovem mulher que aparece em um vídeo, postado nas redes sociais neste fim de semana, usando minissaia em um lugar histórico da Arábia Saudita foi solta sem ser indiciada, anunciou o governo nesta quarta-feira, 19.

A polícia do reino libertou a mulher na terça-feira à noite, e o caso foi encerrado pelo procurador, indicou o Ministério da Informação em um comunicado. Nesse dia, a polícia declarou que estava interrogando a mulher sobre o vídeo.

Segundo o ministério, a mulher reconheceu ter caminhado pelo local de minissaia e sem véu, mas afirmou que o vídeo foi postado sem seu consentimento.

Na Arábia Saudita, país ultraconservador, fora de casa, as mulheres devem andar vestidas com uma abaya negra, o traje tradicional que as cobre da cabeça aos pés.

 

Em várias sequências do vídeo, postado na conta do Snapchat de uma modelo chamada "Khulood", pode-se ver uma mulher de cabelos longos, sem véu, usando minissaia, top e óculos escuros.

Ela caminha pelo forte histórico de Ushaiqer, um povoado situado a 200 quilômetros ao noroeste da capital saudita, Riad. / AFP 

Mais conteúdo sobre:
Arábia SauditaMinissaia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.