Tolga Akmen / AFP
Tolga Akmen / AFP

Jovem que teria jogado menino do 10º andar da Tate Modern é acusado de tentativa de assassinato

Acusado irá ao tribunal de Bromley Youth nesta terça-feira; segundo a Polícia Metropolitana de Londres, não há vínculos entre a vítima e o agressor

Redação, O Estado de S.Paulo

06 de agosto de 2019 | 06h18

LONDRES - Um jovem de 17 anos foi acusado de tentativa de assassinato por supostamente jogar uma menino de 6 anos do alto do mirante no 10.º andar da Tate Modern, a galeria de arte moderna de Londres, informou a Polícia Metropolitana da capital britânica.

O acusado irá ao tribunal de Bromley Youth nesta terça-feira, 6, e, segundo a corporação, não há vínculos entre a vítima e o agressor. O nome não foi divulgado porque o réu é menor de idade. 

O menino que foi jogado do prédio é francês e estava passando alguns dias em Londres com a família. O seu estado de saúde é crítico, porém estável. Após a queda, ele foi encontrado no terraço do 5.º andar.

O suspeito foi detido no local. A polícia considera o incidente um "ato isolado, sem motivação clara ou aparente". / EFE e AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.