Reprodução/Daily News
Reprodução/Daily News

Jovem se mata com picada de cobra venenosa nos EUA

Ele foi encontrado desacordado em seu carro na cidade de Austin, no Texas; ele sofreu uma parada cardíaca e morreu no hospital, em julho; resultado da autópsia foi divulgado hoje

O Estado de S. Paulo

13 de novembro de 2015 | 18h37

AUSTIN - O jovem Grant Thompson, de 18 anos, encontrado desacordado em seu carro em um estacionamento na cidade americana de Austin, em julho, cometeu suicídio deixando que uma cobra venenosa o picasse, segundo informaram autoridades nesta sexta-feira, 13. Ele sofreu uma parada cardíaca e morreu no hospital. Dentro de seu carro foi encontrada uma caixa onde a cobra deveria estar, mas o objeto estava vazio. 

A conclusão de que se tratou de um suicídio foi anunciada hoje após a divulgação de um relatório da autópsia. De acordo com os exames, Thompson tinha "múltiplas e separadas picadas" em cada braço e os ferimentos não demonstravam nenhuma evidência de que ele tivesse tentado fugir da cobra. 

Um jornal local noticiou que a cobra, cuja raça não foi especificada, pertencia a Thompson e estava na caixa. Ela foi encontrada somente alguns dias depois em meio à grama de uma área de comércio. 

Segundo o jornal Austin American-Statesman, parecia que houve a intenção do jovem de se deixar picar e, de acordo com a publicação, ele já teria um "histórico de tentativas de suicídio". Em seu carro, também foram encontradas uma outra cobra, não venenosa, seis tarântulas e um sapo-boi. / REUTERS 

Mais conteúdo sobre:
cobra

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.