Jovens cruzam a Itália montados em mulas

Federico Price e Mirko Adamo acharam uma forma cansativa de entregar uma carta de protesto ao presidente Giorgio Napolitano. Os jovens saíram de Palermo, na Sicília, de balsa e depois foram até Roma montados em mulas. A viagem, que também serviu para resgatar o passado, durou 71 dias. Price é designer e Adamo é percussionista da Orquestra Piccola Malarazza.

O Estado de S.Paulo

13 de julho de 2012 | 03h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.