Jovens proibidos nos pubs irlandeses

Até hoje, a Irlanda não possuía leis que restringissem o direito de crianças e adolescentes a entrar nos pubs, que continuam o centro da vida social da maioria das cidades e vilas irlandesas, talvez ainda mais que na vizinha Inglaterra. Mas, a partir de hoje, os garotos irlandeses terão problemas. Uma lei dá a polícia e autoridades o poder de barrar pessoas abaixo dos 18 anos ? a idade legal para ingerir álcool ? dos bares depois das 21 hora. A reforma, promovida pelo ministro da Justiça Michael McDowell, também exige que os freqüentadores de pubs, entre 18 e 20 anos, portem carteiras de identidade com fotos, para não serem impedidos de entrar depois das 21 horas. Os pubs são freqüentados normalmente por crianças e jovens, acompanhados de suas famílias, freqüentemente para o almoço ou para assistir disputas esportivas pela televisão. A preocupação do ministro se dirige aos adolescentes que se misturam à multidão para beber ilegalmente. A Irlanda mão tem, formalmente, carteira de identidade com foto. Mas a polícia está emitindo carteiras especiais para jovens de 18 e 20 anos ao custo de ?6 (cerca de R$ 84,00). Outras formas de identidade que podem ser aceitas pelos funcionários de bares são passaportes e cartões de registro eleitoral da Irlanda do Norte. A nova lei cria uma multa máxima de ?300 (R$ 720,00) por cada adolescente pego num pub depois das 21 horas. E Mc Dowell avisa que o pub que violar a lei poderá ser fechado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.