Jovens veem casamento real como conto de fadas

Uma coisa o casamento real de hoje deixou claro: a cultura em torno das princesas está viva e vigorosa entre as menores súditas da rainha, informa o Wall Street Journal. Centenas de jovens garotas foram às ruas de Londres, com tiaras, vestidos brancos e bonecas de princesas, aguardando a passagem da nobre noiva, Kate Middleton.

AE, Agência Estado

29 de abril de 2011 | 09h02

"Eu quero ver Kate. Eu realmente quero ver seu vestido", disse Lottie Houghton, de 7 anos, moradora do sudoeste de Londres. A face da garota estava pintada com a bandeira britânica, e Lottie segurava uma ursinha com um vestidinho de noiva. A pelúcia levava o nome da agora duquesa de Cambridge, Kate.

Ava Atkinson, de 11 anos, da cidade de Macclesfield, balançava uma bandeira com as imagens de Kate e William, enquanto ela ainda especulava sobre como seria o vestido. "Eu acho que será singelo, de um modo que combine com ela, não com lantejoulas e essas coisas", apostou.

Muitas jovens passam pela chamada "fase princesa", uma obsessão na busca por elementos belos, obcecadas pela cor pink e tiaras, que na opinião de muitos críticos é influenciada pelos filmes da Disney e pela publicidade. Porém a Disney ficou de lado hoje, diante de um casamento real de verdade.

"Eu quero ver a Kate porque ela é uma pessoa comum como eu, o que significa que eu poderia casar com o Príncipe Harry", disse Catherine Price, garota de 9 anos de Essex, que aguardava a cerimônia atrás de uma barreira por onde passaram depois os noivos.

Mesmo garotas mais novas aguardavam o casamento havia semanas. "Eu acho que ela pensa que recebeu um convite pessoal", disse Nicky Kentisbeer, também de Londres, pai de Lily, de 4 anos. Lily quis vestir um vestido branco "de casamento" para o evento e estava sentada nos ombros do pai para ter uma melhor visão.

Os pais também pareciam felizes com o tema da "garota comum que vira princesa". "Nós estamos tentando explicar a ela quão grandioso é isso de uma jovem garota normal quando ela entra na abadia, e então se torna uma princesa na saída", disse Zac Withers, que esperava em meio à multidão com a filha de 6 anos, Emma. "É o sonho de toda garota tornar-se uma princesa, não?", disse a mãe de Emma, Keely Withers, de Londres.

Os opositores da monarquia podem também ficar felizes, pois pelo menos algumas garotas não se sentiram tocadas pelo frisson em torno da princesa. Tabitha Vanderlande, de 11 anos, de Sussex, disse que assistir ao casamento real era "uma boa oportunidade". Questionada sobre se ela gostaria de ser princesa, respondeu com rapidez. "Não. Haveria muita gente seguindo você a todo momento", rechaçou. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
casamentopríncipeWilliamKateplateia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.