Judeus americanos criticam premiê

Nos seus dois discursos proferidos em Washington nesta semana, o primeiro-ministro de Israel, Binyamin "Bibi" Netanyahu, foi interrompido por críticas e manifestações de ativistas judeus americanos em ações coordenadas que pegaram de surpresa autoridades dos EUA e de Israel. O grupo liberal de judeus americanos Codepink protestou nos dois discursos feitos pelo premiê, no Congresso e na Aipac, grupo de lobby pró-Israel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.