Juiz culpa coronel pela morte de Víctor Jara

O juiz chileno Juan Eduardo Fuentes encerrou o inquérito sobre o assassinato do cantor Víctor Jara - morto no início da ditadura (1973-90) de Augusto Pinochet -, culpando o coronel encarregado do estádio onde ele foi torturado, Mario Manríquez. A família Jara apelará, dizendo que o Exército protege outros envolvidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.