Juiz de caso Breivik joga paciência durante sessão

Um dos cinco magistrados que julgam o norueguês Anders Breivik pela morte de 77 pessoas virou informalmente réu ao ser fotografado jogando paciência durante a sessão. A porta-voz do tribunal o defendeu: "Há diversas maneiras de ficar concentrado".

O Estado de S.Paulo

08 de junho de 2012 | 03h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.