Juiz determina prisão domiciliar de Pinochet

O juiz Alejandro Solis determinou nesta segunda-feira que o ex-ditador chileno Augusto Pinochet seja mantido em regime de prisão domiciliar ao indiciá-lo por acusações de tortura no centro de detenção onde a atual presidente do Chile, Michelle Bachelet, e sua mãe foram detidas no passado.Dois funcionários da corte foram nesta segunda-feira à mansão de Pinochet em Santiago e o notificaram. Na sexta-feira, Solis havia indiciado Pinochet por um homicídio, 35 seqüestros e 24 casos de tortura em Villa Grimaldi, um dos mais temidos centros de detenção dos primeiros anos da ditadura liderada pelo general entre 1973 e 1990.Pinochet, de 90 anos, já havia sido indiciado quatro vezes antes - três por abusos de direitos humanos e uma por sonegação de imposto. Em três ocasiões ele foi colocado em prisão domiciliar.O advogado-chefe da defesa de Pinochet, Pablo Rodriguez, afirma que irá apelar "até a Suprema Corte, se necessário. Usaremos todos os meios legais à nossa disposição".Rodriguez insiste que o ex-ditador de 90 anos não está apto para ser julgado em razão da saúde debilitada. Pinochet foi diagnosticado de sofrer leve demência, e já sofreu diversos pequenos enfartes, sofre de diabete e de artrite. Essas condições de saúde têm levado cortes a retirar acusações contra Pinochet em outras tentativas de julgá-lo, mas desta vez, após interrogar Pinochet por mais de uma hora, o juiz Solis afirmou estar convencido de que o general "não é alienado mental", e pode encarar um julgamento. Atualmente Pinochet está sendo indiciado em outro caso de direitos humanos e por evasão de divisas, relacionadas às suas contas multimilionárias no exterior. De acordo com relatórios oficiais, aproximadamente 4.500 pessoas foram detidas e torturadas em Villa Grimaldi entre 1973 e 1978, e mais de 200 sumiram desde então. Villa Grimaldi, localizada no subúrbio de Penalolen da capital chilena, se tornou um memorial em homenagem aos que lá sofreram. Bachelet era uma médica de 22 anos e membro do Partido Socialista quando foi presa junto com sua mãe e mantida na Villa por muitos dias. Ela disse ter sido maltratada, e ficou mantida com os olhos vendados, mas não deu mais detalhes. Sua mãe, Angela Jeria, disse ter sido mantida durante dias em uma caixa, com os olhos vendados e sem comida.Bachelet e sua mãe visitaram o local onde ficava a Villa Grimaldi em 14 de outubro deste ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.