Juiz do caso Jean Charles é detido por ´exibição indecente´

O juiz do Tribunal de Apelações do Reino Unido, Stephen Richards, de 56 anos e que participou no caso do brasileiro Jean Charles de Menezes, foi detido pela polícia depois que a passageira de um trem o denunciou dizendo que ele se expôs indecentemente. O juiz é um dos que participaram do caso de Jean Charles, brasileiro morto a tiros em 2005 pela polícia britânica, que o confundiu com um terrorista suicida.Richards, que é casado e tem três filhos, foi detido e depois liberado. A polícia ordenou que se apresentasse novamente à delegacia em 2 de março, informam neste domingo vários tablóides britânicos.Questionado a respeito pelo dominical News of the World, o juiz admitiu que tinha sido interrogado pela polícia, à qual diz que ofereceu toda sua colaboração.Richard se formou em Oxford, começou a carreira judicial em 1975, passou em 1997 a integrar o Alto Tribunal britânico e, desde 2005, é juiz do Tribunal de Apelações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.