Juiz do caso Saddam é substituído

O juiz principal no processo por genocídio contra Saddam Hussein foi substituído nesta terça-feira em meio a queixas de grupos xiitas e curdos de que ele seria muito brando com o ex-líder iraquiano. Segundo um porta-voz do governo do Iraque, que pediu anonimato, o magistrado Abdullah al-Amari foi substituído por Mohammed al-Uraibiy, que era seu vice no julgamento. Al-Uraibiy é um árabe muçulmano xiita.O pedido de substituição foi feito pelo Alto Tribunal do Iraque - a suprema corte do país - através de uma carta enviada ao primeiro-ministro Nouri al-Maliki. Segundo fontes do governo, nesta terça-feira o premier deu seu consentimento para a troca.Um dos advogados de ex-oficiais do regime de Saddam, incluindo o ex-vice-primeiro-ministro Tariq Aziz, classificou a mudança de "puramente política"."Ocorreu um golpe. Não havia razão legal para removê-lo (o juiz)", disse o defensor Badee Aref. "Eles (os funcionários da Justiça) sentiram que o juiz não responderia às expectativas deles".Segundo Hussein al-Duri, um aliado do primeiro-ministro, uma das razões para a substituição de Al-Amiri foram os comentários feitos pelo magistrado na semana numa audiência na corte, durante a qual ele afirmou a Saddam: "Você não é um ditador"."O presidente da corte deve dirigir e controlar as sessões, e não pode violar regulamentos judiciais", afirmou Al-Duri à rede de televisão Al-Arabiya. "O juiz não tem permissão para expressar opiniões".As afirmações de Al-Amiri enfureceu muitos xiitas e curdos, alimentado suas críticas de que o juiz era muito leniente para com Saddam.Entretanto, a mudança deverá também reviver as denúncias, feitas principalmente por xiitas, de que o governo iraquiano está interferindo no tribunal para assegurar uma sentença rápida para Saddam e seus ex-aliados. No julgamento atual, Saddam pode encarar a morte caso seja considerado culpado por genocídio no caso da ofensiva militar contra iraquianos curdos em Anfal na década de 1980.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.