Juiz do Nobel de literatura acha prêmio 'eurocêntrico'

O novo porta-voz do júri do prêmio Nobel de literatura acredita que o painel que escolhe os laureados tem sido muito "eurocêntrico" na escolha. Ele declarou hoje que há muitos escritores norte-americanos que poderiam se qualificar para o desejado prêmio. "Em muitas áreas da língua que eu conheço suficientemente bem, há autores que realmente merecem e poderiam receber o prêmio Nobel e isso também serve para os Estados Unidos e os americanos", disse Peter Englund.

AE-AP, Agencia Estado

06 de outubro de 2009 | 19h56

O comentário Englund, dois dias antes do anúncio do prêmio de 2009, contrasta com a visão de seu predecessor, para quem a literatura norte-americana é muito insular. Como os juízes da Academia Sueca são europeus, ele tendem a ter uma "perspectiva europeia" da literatura, disse Englund, que substituiu Horace Engdahl como secretário permanente da Academia Sueca em junho.

Tudo o que sabemos sobre:
Nobelliteratura

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.