Juiz dos EUA avalia enviar caso da News Corp a Londres

Um juiz federal de Los Angeles sugeriu na segunda-feira que o Reino Unido seria o local ideal para que a News Corporation e empresas relacionadas sejam julgadas pela acusação de espionagem telefônica.

AE, Agência Estado

25 Fevereiro 2014 | 00h41

No entanto, após ouvir argumentos legais, o juiz Michael Fitzgerald disse que iria considerar o assunto por mais tempo, mas não estabeleceu uma data final para o assunto.

A declaração de Fitzgerald enfraquece os esforços do advogado de Nova York Norman Siegel de levar as empresas de Rupert Murdoch a julgamento nos EUA, onde as leis são mais liberais que na Inglaterra. Siegel está em busca de mais detalhes sobre o alegado esquema.

Eunice Huthart, uma dublê da Angelina Jolie, alega que seu telefone foi hackeado em 2004 e em 2005 durante as filmagens do filme "Sr. e Sra. Smith". Na época, o jornal The Sun anunciou em primeira mão o relacionamento de Jolie e Brad Pitt, e a dublê acredita que os repórteres descobriram o fato ao terem acesso ao seu celular. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Euareino unidomurdoch

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.