Juiz ordena prisão de envolvidos em ataques a Londres

Um juiz britânico determinou hoje que as três primeiras pessoas acusadas pelos atentados contra a rede de transportes de Londres, em 7 de julho de 2005, deverão permanecer em prisão preventiva até o dia 20.Os três, que compareceram ao tribunal londrino de Westminster, são acusados de conspirar com os autores do massacre, que causou 56mortes, incluindo a dos quatro terroristas suicidas, e deixou 700Feridos.Os supostos terroristas são Mohammed Shakil, de 30 anos; Waheed Ali, também conhecido como Shipon Ullah, de 23; e Sadeer Saleem, de 26. Os três são de Leeds, a cidade do norte da Inglaterra onde viviam três dos terroristas suicidas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.