Juiz ordena prisão de governadora argentina

Um juiz federal argentino emitiu uma ordem de prisão contra a governadora da província de Santiago del Estero, Mercedes Aragonés, e seu marido, o secretário das Finanças da província, Carlos Juarez. A ordem do juiz foi divulgada horas depois de o Congresso da Argentina decidir por uma intervenção federal na província de Santiago del Estero por 180 dias. A província, situada no noroeste da Argentina, é governada há 50 anos por pessoas ligadas à família Juarez.Nos últimos meses, a governadora Aragonés tem enfrentado manifestações de rua quase diárias em protesto contra uma suposta omissão das autoridades provinciais na investigação de um assassinato em que vários funcionários e aliados do casal governante estariam implicados.A governadora é acusada de corrupção e de fraudar o sistema provincial de seguridade social. Seu marido, que foi cinco vezes governador de Santiago del Estero, é acusado de envolvimento no "desaparecimento" de presos políticos durante os anos 1970.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.