Juiz pede prisão internacional de Pinochet

Um juiz federal que investiga a denominada Operação Condor - implementada pelas ditaduras militares sul-americanas, nos anos 70, para exterminar seus inimigos - emitiu hoje uma ordem de prisão internacional, "com fins de extradição", do general Augusto Pinochet, disseram fontes judiciais. O magistrado Rodolfo Canicoba Corral também ordenou que fosse enviado um ofício à Chancelaria argentina para que agilizasse os trâmites que permitam fazer cumprir a ordem de comparecimento de Pinochet perante a Justiça argentina, disseram fontes citadas pela agência privada Diários y Noticias (DyN). Em um volumoso processo de várias centenas de folhas, Canicoba ordenou ainda a detenção com fins de extradição do ex-chefe militar uruguaio Julio Badora, que exerceu o cargo de comandante-chefe de seu país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.