Juíza romena acusada de estrelar vídeo pornô

Uma juíza romena, acusada de estrelar um vídeo proibido para menores, enfrenta o risco de punição disciplinar e poderá perder o emprego. Simona Lungu, de 36 anos, atua no Tribunal de Bucareste. Ela nega ter participado do vídeo, vendido na Dinamarca, mas um instituto de perícia informou hoje que é mesmo ela nas imagens.A história vem aparecendo nos jornais romenos pelas últimas semanas,com trechos do filme Segredos da Sedução publicados ao lado de fotos da juíza. Autoridades romenas dizem que Lungu deverá ser punida, quer esteja no vídeo ou não, por outras supostas irregularidades.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.