O julgamento do ex-general servo-bósnio Ratko Mladic, no Tribunal Penal Internacional para a ex-Iugoslávia (TPII), foi suspenso ontem - e não tem data para ser retomado - por causa dos "erros" da promotoria, anunciou o juiz Alphons Orie.

18 Maio 2012 | 03h02

Segundo ele, "a promotoria cometeu erros na apresentação de documentos relevantes", ao tentar provar a responsabilidade criminal direta do acusado no massacre de Srebrenica, no qual morreram mais de 8 mil bósnios muçulmanos.

A apresentação de testemunhos e provas, mais de 400, deverá começar quando o julgamento for retomado. Também se dará voz à defesa de Mladic, acusado de crimes de guerra, lesa-humanidade e genocídio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.