Julgamento de Mubarak está suspenso até o dia 5

O magistrado que preside o julgamento do ex-presidente egípcio Hosni Mubarak ordenou ontem a suspensão da transmissão ao vivo das sessões até a conclusão do caso. Por causa das câmeras, os advogados que representam as famílias das vítimas da repressão aos protestos que levaram à queda do líder disputavam espaço para aparecer na TV aos empurrões. O juiz Ahmed Rifaat ainda adiou a continuidade das atividades do tribunal para o dia 5.

, O Estado de S.Paulo

16 de agosto de 2011 | 00h00

Organizações políticas egípcias anunciaram ontem uma coalizão para enfrentar a Irmandade Muçulmana nas urnas. A aliança é composta por 15 organizações - entre partidos liberais, cristãos e islâmicos, além de sindicatos - que concordaram em trabalhar em conjunto para arrecadar fundos e a elaborar uma lista de candidatos. / AP e REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.