Mick Tsikas/Reuters
Mick Tsikas/Reuters

Julia Gillard é eleita nova primeira-ministra da Austrália

Primeira mulher a governar o país, Julia foi eleita em uma convenção partidária

Agência Estado e Reuters,

23 Junho 2010 | 21h12

A trabalhista Julia Gillard é a nova primeira-ministra da Austrália. Ela venceu convenção partidária convocada um dia antes pelo ex-chefe de governo Phil Rudd para decidir quem lideraria o partido nas eleições gerais no país.

 

Rudd, que assumiu o poder em novembro de 2007, convocou a convenção partidária depois de Julia ter anunciado que desafiaria sua liderança no Partido Trabalhista. A votação ocorreu na manhã de quinta-feira, 24, pelo horário local).

Julia Gillard foi eleita sem oposição, uma vez que Kevin Rudd retirou-se da disputa momentos antes da votação. Primeira mulher a chefiar o governo australiano, Julia terá como vice Wayne Swan, que manterá o posto de secretário do Tesouro.

 

Membros descontentes do governo trabalhista apoiaram Gillard, temendo que sejam tirados do poder depois de apenas um mandato em eleições previstas para outubro.

 

O respaldo ao trabalhismo caiu nas pesquisas de opinião desde abril devido a uma série de fracassos da política de Rudd, tais como a postergação de um programa de comércio de emissões de carbono e sua incapacidade para promover um controverso imposto à mineração, o que enfadou os empresas e é apoiado pelos eleitores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.