Juncker, da Comissão Europeia, cancela viagem à Ucrânia por problemas de saúde

O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, adiou uma viagem para Ucrânia planejada para segunda-feira devido a um problema de saúde, informou o seu escritório neste sábado.

AE, Estadão Conteúdo

28 Março 2015 | 15h05

Pelo Twitter, a assessoria de imprensa de Juncker disse que ele está enfrentando "um simples tratamento de pedra nos rins", que impossibilita grandes deslocamentos.

A viagem à Ucrânia seria uma demonstração de apoio da União Europeia ao governo de Kiev, que enfrenta pressão da Rússia e dos separatistas no leste do país, apesar de estar em vigor um frágil cessar-fogo. Juncker tinha um encontro agendado com o presidente ucraniano, Petro Poroshenko, o premiê do país, Arseniy Yatsenyuk, e outros altos funcionários do gabinete.

O escritório de Poroshenko também informou o cancelamento da viagem, citando um "estado de saúde inesperado" de Juncker. Ainda não está claro se a visita será remarcada, mas a assessoria de imprensa da Comissão Europeia observou que há um encontro bilateral entre o órgão e a Ucrânia marcado para 27 de abril, em Kiev.

A viagem seria a primeira do novo chefe da Comissão Europeia a um país não pertencente à União Europeia. Juncker assumiu o cargo em novembro do ano passado. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
UE Ucrânia Juncker

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.