Junta militar assume poder legislativo no Egito

A junta militar que governa o Egito aprovou uma constituição provisória por meio da qual assume funções legislativas e prerrogativas de controle do orçamento, informa a televisão estatal egípcia. O anúncio foi feito perto do encerramento da votação do segundo turno das eleições presidenciais no país.

RICARDO GOZZI, Agência Estado

17 de junho de 2012 | 18h13

Na semana passada, a Suprema Corte egípcia declarou inválidas as eleições parlamentares realizadas recentemente, vencidas por candidatos islamitas. Não há mais detalhes disponíveis pelo momento. Mais informações devem ser divulgadas amanhã, segundo a televisão estatal. As informações são da Dow Jones e da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Egitojunta militareleições

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.