Junta Militar de Mianmar detém dois opositores em Rangun

Um deles é Tin Myo Htut, membro de grupo conhecido como Geração Wave; prisão aconteceu em casa de chá

Efe,

05 de setembro de 2008 | 05h19

A Junta Militar de Mianmar (antiga Birmânia) continua com sua campanha de repressão política, e deteve dois opositores em Rangun, a maior cidade do país, informaram nesta sexta-feira, 5, fontes da dissidência na vizinha Tailândia. Tin Myo Htut, membro de um grupo conhecido como Geração Wave, e outro ativista não identificado foram detidos na quinta-feira, 4, por policiais à paisana em uma casa de chá, local habitual de reunião dos dissidentes. Os agentes tinham recebido uma denúncia sobre um encontro clandestino de opositores e detiveram os dois opositores que chegaram ao local. Segundo sua organização, Htut participou das manifestações a favor da democracia de 1988, e em 1992 foi detido e ficou preso por cinco anos por distribuir panfletos contra o regime birmanês.

Tudo o que sabemos sobre:
RangunMianmar

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.