Júri indicia acusado de invadir e-mail de Sarah Palin

Um júri federal indiciou ontem David Kernell, de 20 anos, por entrar na conta de e-mail pessoal da candidata à vice-presidência dos Estados Unidos pelo Partido Republicano, Sarah Palin. Kernell se apresentou às autoridades e deve comparecer a uma audiência hoje. Ele pode pegar até cinco anos de prisão, ter de pagar uma multa de US$ 250 mil e ainda ficar três anos na condicional.O acusado é filho do democrata Mike Kernell, deputado estadual no Tennessee. O político negou qualquer relação com o incidente. David Kernell teria em 16 de setembro conseguido a senha de Sarah. Em seguida entrou em sua conta, copiou dados e publicou parte deles em um site da internet.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.