Justiça afegã reabre investigação de fraude nas eleições

A Justiça do Afeganistão reabriu hoje uma investigação para apurar acusações de fraude na eleição parlamentar de setembro no país centro-asiático. A decisão representa é mais um duro golpe contra o presidente Hamid Karzai, que prometeu reformar o sistema eleitoral para reduzir a corrupção e dar mais legitimidade à frágil democracia afegã.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.