Justiça afegã reabre investigação de fraude nas eleições

A Justiça do Afeganistão reabriu hoje uma investigação para apurar acusações de fraude na eleição parlamentar de setembro no país centro-asiático. A decisão representa é mais um duro golpe contra o presidente Hamid Karzai, que prometeu reformar o sistema eleitoral para reduzir a corrupção e dar mais legitimidade à frágil democracia afegã.

AE, Agência Estado

24 de novembro de 2010 | 20h16

Diversos políticos eleitos podem ter suas vitórias impugnadas por causa das acusações de fraude, caso sejam comprovadas. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.