REUTERS/Andres Martinez Casares
REUTERS/Andres Martinez Casares

Justiça americana indicia cinco ex-executivos da PDVSA por corrupção

‘Equipe de gerenciamento’conspirava para pedir propinas de vendedores em troca de apoio para fechar negócios com a empresa venezuelana

O Estado de S.Paulo

13 Fevereiro 2018 | 15h11

NOVA YORK - Promotores dos Estados Unidos apresentaram na segunda-feira acusações contra cinco ex-executivos da Venezuela, como parte de uma investigação mais ampla sobre subornos na estatal Petroleos de Venezuela (PDVSA)

Cenário: Na Venezuela, uma população sob 'liberdade condicional'

Os cinco eram conhecidos como "equipe de gerenciamento" e conspiraram para pedir propinas de vendedores em troca de apoio para fechar negócios com a empresa, segundo a acusação. 

Eles foram acusados de lavar dinheiro e ocultar os frutos do esquema em uma série de complexas transações financeiras internacionais, segundo a promotoria americana. Os detalhes foram revelados após um dos acusados, Cesar Rincón, comparecer a um tribunal federal em Houston após sua extradição da Espanha, disseram os promotores. Três outros, disseram os promotores, seguem sob custódia na Espanha à espera de extradição e um quinto acusado está foragido. 

Os advogados de todos não puderam ser identificados por enquanto. As acusações incluem pelo menos um quesito de lavagem de dinheiro e conspiração. Os promotores também disseram que apresentaram acusações contra 15 pessoas, em meio às investigações em andamento da PDVSA. Dez dessas pessoas admitiram ser culpadas, segundo as autoridades americanas.

+ Brasil dobra controle militar sobre refugiados na fronteira com a Venezuela

Em agosto do ano passado, o governo americano impôs sanções à PDVSA e ao governo americano, que vetam o acesso chavista ao refinanciamento de sua dívida junto a empresas americanas. / AP

Mais conteúdo sobre:
Pdvsa

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.