Justiça anula indulto de ex-ministro da ditadura

ARGENTINA

, O Estado de S.Paulo

28 de abril de 2010 | 00h00

A Justiça argentina anunciou ontem a inconstitucionalidade do indulto dado ao ex-ministro da Economia da ditadura, o empresário José Alfredo Martínez de Hoz. O benefício, concedido em 1990 pelo ex-presidente Carlos Menem, salvou Hoz de alguns processos por sequestro, detenção ilegal, extorsão e torturas. Com a determinação judicial, o ex-ministro, de 84 anos, deve voltar ao banco dos réus.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.