Justiça anula o primeiro casamento gay da França

O primeiro casal gay a se casar na França jura lutar contra a decisão judicial que anulou a união. Stephane Chapin e Bertrand Charpentier, que se casaram em 5 de junho, disseram que apelarão até a Corte Européia de Direitos Humanos, se necessário. O tribunal de Bordeaux decidiu que qualquer redefinição de casamento para acomodar casais gays tem de passar primeiro pelo Legislativo francês.A cerimônia de casamento de Chapin e Charpentier foi celebrada pelo prefeito de Begles, Noel Mamere, do Partido Verde. O governo francês declarou a união nula e Mamere foi suspenso de seus deveres por um mês.

Agencia Estado,

27 de julho de 2004 | 16h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.