Justiça argentina indicia policial que matou agressor de turista americano

Me chamavam de herói e agora sou visto como um assassino”, disse o policial Luis Oscar Chocobar

O Estado de S.Paulo

01 Fevereiro 2018 | 15h59

A Justiça da Argentina indiciou e multou um policial que matou um suspeito de apunhalar o turista americano Joe Wolek, durante um assalto no bairro de La Boca, no sul de Buenos Aires

“Me chamavam de herói e agora sou visto como um assassino”, disse o policial Luis Oscar Chocobar, da polícia de Avellaneda ao diário Clarín. “Tenho medo. O juiz do caso quer me prender. Fui abandonado pela Justiça.”

Segundo Chocobar, a multa, equivalente a cerca de R$ 65 mil, foi estabelecida para cobrir custos do processo. Ele passou três dias presos em uma delegacia.

 

Ele foi em um primeiro momento acusado de excesso de força em legítima defesa. Posteriormente, a acusação foi alterada para homicídio. 

Segundo a ministra de Segurança Pública, Patricia Bullrich, a Justiça agiu adequadamente no caso. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.