Justiça britânica concede liberdade sob fiança a Julian Assange

Monitorado eletronicamente, fundador do Wikileaks deve aguardar audiência em liberdade.

BBC Brasil, BBC

14 de dezembro de 2010 | 14h03

Assange é fotografado dentro do carro da polícia ao chegar ao tribunal

A Justiça britânica concedeu nesta terça-feira liberdade sob fiança ao fundador do site WikiLeaks, Julian Assange, que está detido em Londres desde a semana passada acusado de supostos crimes sexuais.

Os supostos crimes teriam sido cometidos na Suécia. Assange nega as acusações e vem lutando contra tentativas de extradição da Justiça sueca.

Os representantes do governo sueco prometeram recorrer, o que pode reverter a decisão nas próximas horas.

O australiano de 39 anos deve aguardar em liberdade até a próxima audiência do caso, marcada para o dia 11 de janeiro.

Seu passaporte foi confiscado e ele será monitorado eletronicamente, devendo permanecer em sua residência todos os dias entre 22h e 02h e entre 10h e 16h.

Assange alega que as acusações têm motivação política. Ele despertou a ira do governo americano ao divulgar mais de 250 mil documentos secretos.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
assangejulianwikileaksvazamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.