Justiça britânica pode reduzir pena de Biggs

A Justiça britânica está avaliando a possibilidade de reduzir a pena de trinta anos de cadeia de Ronald Biggs devido ao seu precário estado de saúde. A Comissão de Revisão de Casos Criminais recebeu uma representação entregue pelos advogados de Biggs, que alegam que ele recebeu uma sentença "desproporcional" ao seu "pequeno papel" no que é conhecido como o Grande Assalto ao Trem, ocorrido em 1963.Biggs, que escapou de uma prisão inglesa em 1965, residiu no Rio de Janeiro até maio passado. Logo após retornar à Inglaterra, ele foi enviado de volta à prisão para cumprir o restante de sua sentença. Na sexta-feira passada ele foi transferido da penitenciária de Belmarsh para o hospital Queen Elizabeth, em Londres. Segundo o jornal The Independent, Biggs, que tem 72 anos de idade, apresenta "uma condição estável".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.