Justiça condena agência de 'cupidos' em Pequim

Uma agência de "cupidos" de Pequim foi condenada a devolver cerca de US$ 24 mil a uma cliente insatisfeita. A empresa prometeu achar o "homem perfeito", mas o casamento acabou poucos meses depois e a Justiça deu sentença a favor da "consumidora".

O Estado de S.Paulo

15 de outubro de 2012 | 03h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.