Justiça convocará Cavallo sobre complô contra De la Rúa

O ex-ministro de Economia da Argentina Domingo Cavallo, preso sob a acusação de cumplicidade na venda ilegal de armas ao Equador e à Croácia, será convocado pela Justiça para prestar depoimento no caso que investiga se houve um complô para derrubar o governo de Fernando De la Rúa.Além de Cavallo, o juiz Norberto Oyarbide citou o ex-chefe de gabinete, Chrystian Colombo, e a ex-ministra de Ação Social, Graciela Fernández Meijide.A mulher de Cavallo, Sonia, afirmou em depoimento que "houve um movimento de distintos setores para dar um golpe institucional para derrubar duas leis fundamentais da economia: a conversibilidade e a intangibilidade".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.