Justiça da França acha novos indícios de laços financeiros entre Kadafi e Sarkozy

O Ministério Público de Paris localizou novos indícios de que o ex-presidente da França Nicolas Sarkozy recebeu em 2007 doações ilegais do ex-ditador líbio Muamar Kadafi. O jornal Le Canard Enchainé informou ontem que um depósito de € 500 mil foi encontrado na conta de Claude Guéant, ex-ministro do Interior e ex-chefe da campanha de Sarkozy. Além disso, movimentações ilegais em dinheiro também atraíram a atenção dos promotores, que investigavam o ex-ministro por supostos vínculos com Kadafi. ANDREI NETTO, DE PARIS

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.