Justiça da Ucrânia suspende resultado oficial da eleição

A Suprema Corte da Ucrânia proibiu a publicação oficial dos resultados da eleição presidencial de domingo até que seja analisada a apelação apresentada pelo líder da oposição, ViktorYushchenko, que alega que o pleito foi fraudado. O primeiro-ministro Viktor Yanukovych, vencedor segundo as autoridades eleitorais, não poderá ser empossado até que haja a publicação.A decisão vem como uma vitória para os seguidores de Yushchenko, que tomam as ruas de Kiev desde domingo e conquistaram forte apoio internacional. No entanto, a ordem judicial também permite prever a permanência do estado atual de tensão social e política na Ucrânia pelos próximos dias. A apelação só será analisada na segunda-feira, disse a porta-voz do Judiciário, Liana Shlyaposhnikova.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.