Abir Sultan/Efe
Abir Sultan/Efe

Justiça de Israel impõe pena branda a ex-premiê Ehud Olmert

Um caso de corrupção custou a Olmert seu cargo; ele foi condenado por receber dinheiro e emitir notas falsas

estadão.com.br,

24 de setembro de 2012 | 19h15

TEL-AVIV - A Justiça de Israel impôs nesta segunda-feira, 24, uma pena branda ao ex-premiê Ehud Olmert em um caso de corrupção que lhe custou o cargo de chefe de governo.

 

Veja também:

linkOlmert se livra das principais acusações de corrupção

 

Olmert pagará multa de US$ 18 mil (R$ 34,5 mil) e sua pena de um ano de prisão foi suspensa. O político do partido centrista Kadima foi condenado por receber dinheiro de um empresário americano e emitir notas falsas em viagens.

 

Ele pode voltar a disputar uma vaga no Parlamento, mas não tem direito a ocupar cargo no governo, pois responde a outro processo.

 

Com agências internacionais

Tudo o que sabemos sobre:
Ehud OlmertcorrupçãoIsrael

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.