Abed Al Hashlamoun/Efe
Abed Al Hashlamoun/Efe

Justiça de Israel mantém lei polêmica sobre palestinos

Lei em vigor desde 2003 impede que palestinos casados com israelenses recebam cidadania

BBC Brasil, BBC

12 de janeiro de 2012 | 10h48

A Suprema Corte de Israel manteve nesta quinta-feira, 12, uma polêmica lei que proíbe que palestinos casados com israelenses tenham direito a cidadania e residência no país.

A corte considerou a lei válida sob o argumento de que os palestinos poderiam significar um risco à segurança do país.

Grupos de defesa dos direitos humanos haviam promovido uma campanha para tentar derrubar a lei, em vigor desde 2003.

Eles classificaram a decisão da Justiça de "racista" e disseram que ela prejudica a proteção dos direitos humanos em Israel.

Um juiz da Suprema Corte afirmou que os direitos humanos não poderiam ser "uma receita para o suicídio nacional".

 

BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.