Justiça diz que atirador de Oslo é louco

Após quase dez semanas de julgamento, a Justiça da Noruega determinou ontem que Anders Behring Breivik - assassino confesso de 77 pessoas em Oslo e na Ilha de Utoya, em julho de 2011 - cumprirá pena em uma instituição psiquiátrica e não em uma prisão comum. Juízes determinaram que Breivik é psicótico. Durante o período do julgamento, Breivik fez declarações citando o manifesto de ultradireita com o qual justificou o massacre.

O Estado de S.Paulo

22 de junho de 2012 | 03h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.