Justiça dos EUA autoriza processo contra suspeito do 11/9

Uma corte de apelações federal autorizou o governo americano a levar adiante seu caso contra o suposto terrorista Zacarias Moussaoui e suspendeu a proibição, imposta aos promotores, contra o uso de provas ligadas aos atentados de 11 de setembro de 2001.O comitê de três juízes ordenou que a juíza distrital Leonie Brinkema chegue a um acordo com a promotoria na questão que vinha bloqueando o andamento do processo: se Moussaoui tem ou não o direito de chamar testemunhas ligadas à Al-Qaeda para sua defesa.Moussaoui, que tem cidadania francesa, é a única pessoa acusada formalmente nos EUA pelos ataques de 11 de setembro. Ele foi detido em agosto de 2001 por questões de imigração, depois que seu desejo de aprender a pilotar um Boeing 747 atraiu suspeitas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.