Justiça eleitoral rejeita recontagem de votos

A Comissão Eleitoral iraquiana recusou ontem o pedido de recontagem manual dos votos da eleição parlamentar do dia 7. O pedido havia sido feito no sábado, pelo premiê iraquiano, Nuri al-Maliki (foto), cujos partidários vêm divulgando, desde a semana passada, diversas acusações de fraude. O resultado final deve sair na sexta-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.