Justiça proíbe ação de grupo islâmico radical

A Justiça britânica tornou ilegal a atuação do grupo islâmico radical "Muslims Against Cruzades" no país. A organização pretendia realizar um novo protesto contra as Forças Armadas britânicas durante uma homenagem aos veteranos e heróis de guerra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.