Kadafi financiou Sarkozy, diz site

As suspeitas de que o presidente da França, Nicolas Sarkozy, teve sua campanha à presidência em 2007 financiada com dinheiro ilegal oriundo do regime de Muamar Kadafi, na Líbia, ficaram mais fortes ontem. O site Médiapart publicou uma reportagem indicando que o ex-chanceler da Líbia, Moussa Koussa, teria ordenado a transferência de € 50 milhões destinados à campanha. A reportagem é acompanhada do suposto documento assinado por Koussa. Segundo a porta-voz da campanha de Sarkozy, Nathalie Morizet, as denúncias do Médiapart são "uma manipulação grosseira da parte de François Hollande."

/ A.N., O Estado de S.Paulo

29 de abril de 2012 | 03h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.