Kadafi não está preparado para deixar a Líbia, diz Zuma

O líder líbio Muamar Kadafi não está preparado para deixar seu país, afirmou hoje o escritório do presidente sul-africano, Jacob Zuma. Os dois se encontraram ontem em Trípoli, capital da Líbia. Apesar disso, Zuma disse que Kadafi está "pronto para implementar" uma trégua proposta pela União Africana (UA).

AE, Agência Estado

31 de maio de 2011 | 12h30

A conversa dos dois líderes não trouxe avanços em relação ao plano regional de paz. A UA prevê uma trégua e reformas políticas, mas não atende à demanda dos rebeldes da renúncia de Kadafi. O plano da UA inclui ainda o fim dos ataques aéreos da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) no país. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
LíbiaataquesKadafiZuma

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.