Kadafi pede que moradores limpem Trípoli de 'traidores'

O líder da Líbia, Muamar Kadafi, pediu nesta quarta-feira aos moradores que limpem Trípoli dos "ratos" e "traidores, após rebeldes tomarem seu complexo no centro da cidade no dia anterior. Em mensagem enviada à emissora de televisão síria Arrai Oruba, reproduzida pelo canal por satélite Al-Arabiya, Kadafi disse que andou incógnito pelas ruas de Trípoli, no mesmo dia em que novos confrontos ocorrem em várias partes da capital do país do norte africano, inclusive no complexo presidencial.

AE, Agência Estado

24 de agosto de 2011 | 08h40

"Eu andei incógnito, sem ninguém me ver, e vi jovens prontos a defender a cidade", afirmou Kadafi, sem especificar quando caminhou pela capital. Ele pediu aos moradores que "limpem Trípoli dos ratos", dos "demônios e traidores". No poder há 42 anos, Kadafi afirmou que irá lutar "até a vitória ou o martírio".

Também nesta quarta-feira, rebeldes andavam pelo entorno do complexo presidencial de Bab al-Aziziya quando foram atacados por forças do regime. O local foi tomado pelos oposicionistas no dia anterior, porém Kadafi não estava mais lá. Centenas de pessoas celebraram na Praça Verde a tomada da base oficial na terça-feira.

Os rebeldes afirmam controlar 80% de Trípoli, incluindo a sede da televisão estatal e o aeroporto, porém há combates em vários pontos da cidade. A emissora Arrai Oruba citou Kadafi dizendo que havia deixado Bab al-Aziziya em uma "manobra tática", após um ataque aéreo da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) no local.

As informações são da Associated Press e da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
LÍBIAKADAFI

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.