Kadafi promete armar partidários para 'defender' a Líbia

O governante da Líbia, Muamar Kadafi, disse hoje a uma multidão de partidários do seu regime reunida na Praça Verde, na capital Trípoli, que "se prepare para defender" o país. As imagens do discurso foram transmitidas pela rede de televisão estatal. De cima de um prédio, Kadafi afirmou que os arsenais líbios estão abertos para armar o povo para a batalha. Ele disse ainda que a população da Líbia "ama Kadafi".

AE, Agência Estado

25 de fevereiro de 2011 | 14h50

Hoje o Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) adotou, por consenso, uma resolução que recomenda a suspensão da Líbia do organismo e que também pede o envio de uma missão que investigue violações aos direitos humanos no país. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.