, O Estadao de S.Paulo

19 de março de 2010 | 00h00

O governo nigeriano chamou ontem seu embaixador em Trípoli para consultas após o líder líbio, Muamar Kadafi (foto), sugerir que a Nigéria deveria ser dividida em dois - um muçulmano no norte e um cristão no sul. Kadafi sugeriu a divisão como forma de impedir mais confrontos entre grupos rivais no país, que este ano já deixaram centenas de mortos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.