Kadafi teria prometido renunciar após cessar-fogo

Segundo ex-presidente croata, líder líbio iria se retirar da vida política se OTAN encerrar bombardeios

AE-DOW JONES, Agência Estado

23 de agosto de 2011 | 06h35

ZAGREB - O ex-presidente croata Stipe Mesic, que tem laços estreitos com Muamar Kadafi, afirmou que o líder líbio disse-lhe estar pronto para renunciar da vida política se a Otan encerrar os ataques aéreos.

 

Veja também:

blog RADAR GLOBAL: Acompanhe ao vivo

especialPERFIL: Excêntrico e nacionalista, Kadafi chegou ao poder em 1969

video VÍDEO: Líbios vão às ruas para celebrar queda de Trípoli

especialESPECIAL: Quatro décadas de ditadura na Líbia

forum VISÃO GLOBAL: A insustentável situação de Kadafi

 

"Posso confirmar que o coronel Kadafi está pronto para se retirar completamente da vida pública e política com um firme compromisso de que impediríamos o estabelecimento de um sistema multipartidário, mas sob a condição de que a Otan cesse os bombardeios aéreos", declarou Mesic, em um comunicado citado pela agência de notícias Nina.

O ex-presidente croata acrescentou que recebeu na semana passada uma "mensagem verbal pessoal" de Kadafi com a oferta e acrescentou ter conversado sobre isso com os embaixadores da China, da Rússia e dos EUA na segunda-feira.

"As autoridades em Trípoli tentaram levar esta mensagem por todos os canais disponíveis aos países que desempenharam um papel crucial na organização e nas operações na Líbia", acrescentou Mesic no comunicado. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
LíbiaKadafipromessa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.